Enologia


Vinho Alvarinho Palácio da Brejoeira

A casta Alvarinho plantada em solos de componentes argilo-calcários, dá origem a um vinho de cor palha, brilhante, com reflexos cítricos, com aroma intenso à casta, delicado e complexo. O estágio em garrafa dá-lhe um sabor harmonioso e persistente, realçando as características ímpares na nobre casta, aqui reveladas na sua máxima originalidade.

Este vinho serve como aperitivo e acompanha em perfeita harmonia com os pratos de carnes brancas, peixe e marisco.

Engº João Garrido — Enólogo



Aguardente Vínica “Velha”

Produzida a partir da destilação de uma rigorosa seleção de vinhos da casta “Alvarinho”, provenientes das vinhas do Palácio da Brejoeira. O envelhecimento faz-se em barricas de carvalho francês (angoulême e Limousin), permanecendo na adega antigo, em estágio, entre 10 a 12 anos.

Pronta a ser desfrutada depois de uma boa refeição, antes e depois do café.

Engº João Garrido — Enólogo



Aguardente Bagaceira

Nos alambiques do Palácio, esta aguardente foi destilada segundo os costumes ancestrais da região. É um produto ‘sui generis’, de paladar delicado que mantém um aroma floral devido à casta de origem.
 
 

Apresenta um final de boca longo revelando-nos um conjunto muito agradável de aromas a fruta fresca, misturados com notas de aromas florais, típicos da casta que lhe dá origem.

Engº João Garrido — Enólogo